Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Vacinação dos idosos acima de 85 começou em SJE
Início do conteúdo da página

Secretários de educação e planejamento de SJE anunciam atualização do Piso dos Professores e Plano de Pagamento do retroativo

Publicado: Segunda, 16 de Agosto de 2021, 15h23

238100534 2970131259920367 7654007636153719458 n

 

Os secretários municipais Henrique Marinho e Paulo Jucá participaram da Assembleia Geral realizada pelo SINTESJE (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de São José do Egito), e anunciaram a atualização do piso dos professores e também o plano para pagamento do retroativo desde janeiro de 2020.

A partir do mês de setembro, as folhas serão atualizadas e o retroativo dividido em duas parcelas que serão pagas nos meses de outubro e novembro.

A Gestão Municipal, já havia adiantado 50% do 13º salário no mês de junho, ficando para Dezembro o restante.

“Foi uma proposta construída a muitas mãos, durante os anos de 2020 e 2021 com inúmeras reuniões entre o SINTESJE e a Gestão para se chegar a esse momento. Nossa prioridade foi manter os salários em dia e, com a certeza dessa manutenção com a implantação do piso, fechamos a proposta”, afirmou Paulo Jucá.

“São inúmeros desafios em uma Rede como a de nosso município, estivemos a frente na vacinação dos nossos profissionais, conseguimos antecipar 50% do 13º no mês de junho, mas tínhamos essa pendência da implantação do piso salarial nacional. Gostaria de destacar o empenho da Professora Rosângela Cleide diretora do SINTESJE, na construção dessa proposta.”  Pontuou Henrique Marinho.

Está previsto para o dia 13 de setembro, o retorno das aulas presenciais em formato híbrido em toda a rede municipal.

Sobre o retorno presencial Henrique falou: “Tínhamos assumido o compromisso com os pais em várias reuniões durante o ano que só retornaríamos com todos os profissionais vacinados e com a pandemia em queda. Ainda estamos finalizando o planejamento dos transportes e a consulta a todos os pais para que optem pelo retorno dos seus filhos. Os pais que não se sentirem seguros, poderão escolher para que seus filhos continuem no formato 100% remoto”. Retificou Marinho.

registrado em:
Fim do conteúdo da página